Night Of The Humans: aventura frenética com 11º e Amy

Night Of The Humans
BBC Books

Só em ebook e só em inglês

Onde se situa: no começo das aventuras do 11th Doctor com a Amy, logo ali depois de The Time Of The Angels.

Esse é o Gyre – o ambiente mais hostil de toda a galáxia. Duzentos e cinquenta mil anos de lixo flutuando no espaço sideral, lar dos restos da nave Situun, dos carnívoros Sollogs e o pior de tudo – dos humanos. 

O Doutor e Amy chegam nesse terrível mundo no meio de uma guerra sem fronteiras entre os Sittuun e os Humanos, e o relógio está correndo: há um cometa no céu, e em rota de colisão com o Gyre. 
Quando o Doutor é sequestrado, cabem a Amy e ao “mais famoso espadachim da galáxia” Dirk Slipstream salvar o dia. Mas quem é Slipstream exatamente? E o que ele está realmente fazendo lá?

Engraçado como eu gosto mais do 11th nos livros do que na TV. A limitação de tempo prejudica muito os plots do Moffat – mas isso é assunto pra outro post. O autor, David Llewellyn, é velho conhecido da turma que curte Big Finish, já que ele é autor de áudios de Torchwood, do War Doctor e da série Bernice Summerfield, entre outros. Talvez por isso o ritmo desse livro seja mais frenético, o que te impede de largá-lo.

O sensor de treta da Tardis manda o Doutor e Amy para o Gyre, que é um planeta formado única e exclusivamente de lixo espacial. E foi no Gyre que caiu a nave dos Sittuun – um povo alien colonizado por árabes (o que explica os nomes dos personagens). O objetivo dos Sittuun era explodir uma nanobomba e apagar o Gyre do mapa, antes que um cometa se choque com o ele e os estilhaços destruam os planetas ao redor. 

No Gyre ainda temos os Solloghs, seres mutantes que vivem nos dejetos químicos, e os Humanos. E não dá pra saber quem é mais assustador.

Plot básico de divisão de equipes: enquanto Amy é resgatada pelos Sittuun, o Doutor acaba feito refém pelos Humanos – descendentes dos tripulantes de um navio cargueiro que se chocou com o Gyre centenas de anos antes e que eles acreditam que tenha vindo da Terra. Quando o Doutor descobre a verdade sobre quem são os Humanos, é chamado de blasfemador e e sentenciado à morte.

De outro lado, Amy e o Situum Charlie encontram Dirk Slipstream, que pousou no Gyre respondendo ao pedido de socorro da nave Situun. Amigues, nenhum personagem chamado Dirk Slipstream pode ter bom caráter: ele não passa de um pilantra, que está atrás de algo chamado Mymon Key, um objeto que colocaria em risco as forças do universo. E ainda tem mais uma coisa: esta não é a primeira vez que os caminhos de Dirk Slipstream e do Doutor se cruzam…

Meus amigues, quando esse Dirk começa a falar que conhece o Doutor, mas você nunca ouviu falar no personagem antes, o que você faz? Isso mesmo: joga no Google. E o que você recebe de resposta? Isso mesmo: Night Of The Humans! A primeira e única vez que o personagem aparece é justamente nesse livro. Aí você aceita que Doctor Who é aquela coisa wibbly wobbly e segue em frente.
Mas como sempre tem um Sherlock Holmes no whoworld… Dirk diz no livro que ficou preso (por culpa do Doutor) em Volag-Nog, planeta que é citado em The Infinite Quest, um desenho animado do 10th Doctor com a Martha e que se passa na time frame da 3a temporada.

Quando me pedem uma recomendação de livro de Doctor Who além daqueles que já foram traduzidos eu sempre indico esse. Tem um ritmo eletrizante – justamente porque, a cada capítulo, o cometa está cada vez mais próximo – personagens bem desenvolvidos e o plot dos Humanos é daqueles que põe a gente pra pensar. Se fosse na TV, mereceria um two-parter fácil.

Se você lê em inglês, se jogue. Se prefere ouvir do que ler, existe a versão audiobook, lida pelo Arthur Darvill, nosso eterno Rory Williams.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s