O Prisioneiro Dos Daleks: Décimo Doutor contra o Inquisidor Geral dos Daleks

O Prisioneiro Dos Daleks
Suma de Letras

Esse foi o primeiro livro de Doctor Who que eu comprei. Você acha tanto em papel quanto em ebook.

Onde se situa: nos especiais pós Journey’s End, quando o 10th está viajando sozinho.

O sensor de treta da Tardis leva o Doutor até o planeta Hurala, uma espécie de posto de gasolina interestelar. Preso numa sala de computação, o Doc é resgatado 5 dias depois por uma equipe de caçadores de Daleks. Na fuga uma das caçadoras, Stella, é ferida e acaba congelada pelo Doutor – junto com um Dalek vivo.

O grupo, então, retorna para o planeta natal de Stella, Auros, que está sendo evacuado, pois para evitar que os Daleks invadam, os governantes decidem usar o Princípio de Osterhagen (sim, aquele da Chave em Journey’s End) para detonar o planeta e impedir a derrota. Mas as naves Daleks estão preparadas para uma emboscada contra as naves de evacuação…

Muitas explosões depois, o grupo viaja até o planeta Arkheon que, apesar de ter sido o primeiro a ser destruído na guerra entre os Daleks e o I Império da Terra, ainda possui um pedaço habitável – mas seus habitantes estão sofrendo de mutações causadas por radiação (mais ou menos o que aconteceu com os Thals em The Daleks, com o 1st). Lá, o Doutor e os demais são capturados pelos Daleks e levados para uma mina de trabalhos forçados.

É quando entra em cena o Dalek X, Inquisidor Geral dos Daleks, o diabo em forma de Dalek… e daqui não dá mais pra contar o que acontece, vocês têm que ler pra descobrir.

O mais legal desse livro é a tipo escolhido para a fala dos Daleks; dá pra ouvi-los falando daquele jeito peculiar que dá arrepio de nervoso.

É um livro beeem legal, com bastante ação e explosões e personagens bem diferentes. A nave dos caçadores emula a Millenium Falcon e a crew é bem diversificada, especialmente por Koral, que parece saída de uma HQ dos X-Men. O autor, Trevor Baxendale, soube trazer pro papel a essência dessa encarnação do Doutor.

De final, temos a maior característica do Décimo se mostrando: o Doutor que não dá segundas chances. E sim, quando ele entra nesse modo eu tenho medo e pena de quem vai ser punido.

Se você não leu ainda, não tem desculpa – tá traduzido e não custa caro. Também não é um livro longo (205 páginas), ou seja, não dá nem pra alegar [insira aqui sua desculpa habitual para não ler].

Gosta de Doctor Who e acha ruim que tem pouca coisa da série por aqui (DVDs, livros, HQs etc)? Pense comigo: você consome, efetivamente, produtos da série? Porque se o mercado não tem números de venda, ele simplesmente entende que não compensa financeiramente e não faz.

Fato: cheguei a ver esse livro em uma promoção da Saraiva a R$10,00 um tempo atrás. Quando as livrarias abaixam o preço a esse patamar é porque o livro está encalhado e eles precisam girar o estoque –  é prejuízo pra livraria e pra editora.

Outro problema: o público em geral, mesmo aqueles que curtem ficção científica mas não conhecem a série, acabam relutando em comprar algo tão segmentado, com medo de não entender o que se passa. E, na verdade, nenhum dos livros de Doctor Who precisam de uma pré explicação mais elaborada do que o Doutor é um alienígena que viaja no tempo e no espaço a bordo de uma cabine telefônica azul chamada TARDIS, podendo ou não estar acompanhado de uma amiga. Sério, é só isso que a pessoa não iniciada precisa saber – todas as demais informações são dadas no próprio livro.

Então, que tal dar essa dica àquele seu amigo que está procurando uma leitura diferente agora nas férias? Especialmente se você é o único da turma que assiste Doctor Who, olha a oportunidade de ter mais alguém com quem conversar, hã?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s