Tales Of Trenzalore: Livro de contos do 11º Doutor

Tales Of Trenzalore – The Eleventh’s Doctor Last Stand
BBC Books

Só em ebook e só em inglês :/

Onde se situa: entre os minutos 21 (quando o Doctor decide ficar em Christmas e proteger a cidade, mandando a Clara de volta pra Terra na Tardis) e 46 (quando a a Clara é resgatada na Terra pela Tasha Lem) de The Time Of The Doctor (NuWho s7e16).

São quatro contos relatando alguns dos confrontos do Doutor com seus inimigos durante os 900 anos do cerco a Trenzalore:
– Let It Snow (Justin Richards): pra mim, o melhor de todos. Primeiro, porque são os Ice Warriors, e inimigos clássicos tocam mais no coração da gente. Fora que, como história, é a mais bem elaborada.
Todos as histórias, na verdade, têm mais ou menos a mesma base: como a Igreja do Papal Mainframe colocou o detector de tecnologia, as invasões têm que ser bem criativas, evitando que os alarmes toquem e eles nem cheguem perto de Christmas.

– An Apple A Day… (George Mann): essa história mostra um pouco da história de Christmas – como eles sobrevivem naquele lugar gelado, onde quase não há luz do sol.
Aqui a invasão é dos Krynoids, e esse é quase um conto de terror – os Krynoids apareceram na série clássica em The Seeds Of Doom com o 4th Doctor, mas renderiam uma boa história de terror clássico no melhor estilo invasores de corpos na série moderna fica a dica, Chibnall.

– Strangers In The Outland (Paul Finch): é o momento de ação do Doc, a bordo de um navio-resgate em busca dos Autons enviados pela Nestene Consciousness – aliás, quer coisa melhor pra driblar o alarme anti-tecnologia do que um bando de manequins de plástico?

– The Dreaming (Mark Morris): nesse o Doutor já está velhinho – segundo ele próprio, já são mais de 700 anos em Christmas. A memória do Doc pode estar falhando, mas sua inteligência continua afiada. Esse é um conto onde o inimigo (Mara) usa as pessoas que o Doutor ama para atingi-lo.
Falando no inimigo aqui, o Mara, eu precisei fazer uma pesquisa maior, porque era o único que eu não tinha ouvido falar antes. Mara é uma entidade psíquica, criada pelos habitantes do planeta Manussa e e que tem a forma de uma serpente vermelha gigante. Apareceram na TV em duas histórias do 5th Doctor: Kinda (Classic s19) e The Snakedance (Classic s20).

Minha opinião: eu adorei o livro. É legal ver pedaços da estadia do Doutor em Christmas, tendo o Handles (meu sonho é tatuar o Handles…) como companion e vendo o Doc ficando velhinho e já caducando um pouco. Mas o mais legal de tudo é saber que uma das pernas do Doutor é falsa! Ele perdeu a perna em uma das batalhas e a substituiu por uma de madeira – e esse plot device é muito bem usado nas histórias.

Como são contos, cada um tem, em média, 30 páginas e dá pra ler de boa mesmo que seu inglês seja intermediário; a dificuldade maior é na 3a história, mas mais por conta dos termos náuticos – nada que um bom dicionário online não resolva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s