Time Lord Victorious | Road To The Dark Times. Caça-níquel que chama, né BBC?

Que a tia Beebs curte arrancar dinheiro dos fãs isso é um fato. Que a gente dá esse dinheiro de bom grado também é uma verdade.

Dessa vez eles pegaram vários episódios que tem como vilões/monstros criaturas dos Tempos Sombrios e juntaram tudo em um único Blu-ray, chamado Road to the Dark Times. São 7 histórias – 5 da série clássica e 2 da moderna. Vamos dar uma olhada no que tem?

Já aviso: esse post é basicamente uma tradução da página da BBC, com alguns extras.

1. Planet of the Daleks

Planet of the Daleks é o penúltimo arco da 10a temporada, com o ilustríssimo Terceiro Doutor e seu terno de veludo roxo. Ele é uma sequência direta de The Daleks (sim, o arco inicial dos saleiros genocidas), mostrando o que aconteceu com os Thals depois que o Primeiro Doutor os conheceu e o legado deixado por ele. Ela também é o início da história sobre a Segunda Guerra Dalek.

O episódio foi escrito por Terry Nation e foi ao ar entre 7 de abril e 12 de maio de 1973.

“Chegando em Spiridon, o Doutor e Jo encontran un grupo Thal. Mas os Daleks estão aqui e, dessa vez, eles são invisíveis…”

A essa altura, o Império Dalek estendia sua crueldade pelas gláxias. No planeta Spiridon o Dalek Supremo prepara um exército Dalek pronto para conquistar e derrotar todos que cruzam seu caminho.

Spiridon é um momento poderoso na história Dalek. Aqui, nós vemos o Império Dalek em ação – impiedoso, cruel e astuto, manipulando e experimentando em raças menores e preparando para varrer do mapa quem se oponha a eles. Essa é, também, a primeira vez que o Doutor pede ajuda aos Time Lords para ajudá-lo a destruir as ambições Daleks.

2. Genesis of the Daleks

Por mais que você nunca tenha visto nenhum episódio da série clássica, todo mundo conhece a cena acima: o Doutor tem em suas mãos o poder de destruir os Daleks em seu início, e ele se pergunta se tem esse direito.

É o quarto arco da 12a temporada, e foi o episódio que introduziu Davros, o grande criador dos Daleks. É também conhecido como o melhor arco da história de Doctor Who. Ele foi ao ar entre 8 de março e 12 de abril de 1975.

“Interceptado enquanto viajava da Terra à Arca, o Quarto Doutor e seus companions são transportados para o planeta Skaro, milhares de anos no passado, em uma missão dos Time Lords: impedir a criação dos Daleks”.

Os Senhores do Tempo de Gallifrey observaram os Daleks, primeiro à distância e com a mesma imparcialidade reservada a outras espécies; e depois com o que eles mesmos admitiram se tratar de medo. Eles perceberam que era uma questão de tempo até os Daleks conquistarem o espaço e o tempo e, então, começaram a interferir, tentando adiar a todo custo esse evento.

O início da Guerra do Tempo se deu quando o Doutor foi enviado para evitar a criação dos Daleks. Foi a primeira que ordenaram ao Doutor quebrar as leis do tempo e mudar a história. Também foi a primeira vez que o Doutor se perguntou se isso era certo.

O que ninguém poderia prever era que os Daleks, um dia, dariam o troco.

3. The Deadly Assassin

Esse é um dos arcos que a BBC fez um resumão de meia hora e postou no YT – ou seja, você não tem desculpas pra falar que não assistiu.

É o arco seguinte à saída de Sarah Jane, o terceiro arco da temporada 14. Foi ao ar entre 30 de outubro e 20 de novembro de 1976.

Talvez seja o arco com a maior quantidade de informações sobre a Sociedade dos Senhores do Tempo; é nele que vemos em tela, pela primeira vez, a Matrix, os Capítulos da Academia, as roupas cerimoniais, Borusa e, claro, Rassilon. Também é aqui que se menciona, pela primeira vez, a regra (várias vezes quebradas) de limitação das regenerações a 12.

“Através dos milênios, os Senhores do Tempo de Gallifrey levaram uma vida de paz, calma e ordem, protegidos das ameaças das raças menores por conta de seu grande poderio. Mas isto está prestes a mudar. De repente, de forma terrível, os Senhores do Tempo precisam enfrentar a crise mais perigosa de sua longa história…”

Tendo derrotado o último Kastrian sobrevivente dos Tempos Sombrios, o Doutor é convocado de volta a Gallifrey. Sarah Jane estava encantada – ela sempre quis visitar o planeta natal do Doutor. Mas, disse ele, forasteiros eram proibidos (depois virou a festa do caqui…). Por quê?

Seria porque os Senhores do Tempo estavam perfeitamente isolados na eternidade? Solenemente vagando pela eternidade? Ou seria porque eles não queriam mostrar sua verdadeira face aos estrangeiros?

4. State of Decay

State of Decay é o quarto arco da temporada 18. Foi ao ar entre 22 de novembro de 13 de dezembro de 1980. É a segunda história da trilogia E-Space e foi baseado em um script de Terrance Dicks escrito 3 anos antes.

Existem três versões diferentes dessa mesma história: o episódio da TV, a novelização da Target e uma adaptação em áudio, lida pelo Tom Baker e lançada em k7 em 1981.

“Ainda presos no E-space, a Tardis do Doutor se materializa em um planeta medieval. Os cidadãos vivem com medo dos Três Que Governam, que mandam em tudo do alto de seu castelo. Investigando, o Quarto Doutor que os Três Que Governam são astronautas do passado que foram transformados em vampiros há muitos anos, e o castelo é, na verdade, sua nave espacial.

Quando Romana II e Adric são sequestrados, o Doutor precisa se aliar a um bando de plebeus renegados para impedir a ressurreição de um dos maiores inimigos de Gallifrey: o Rei dos Vampiros”.

Foi durante os Tempos Sombrios que os gallifreyanos evoluíram de selvagens cruéis e se tornaram renomados engenheiros temporais. Mas antes que os Senhores do Tempo se tornassem lendas, eles lutaram em uma longa e terrível guerra contra os Grandes Vampiros, seres tão poderosos que eram capazes de drenar a vida dos planetas.

Essa foi a última guerra do povo de Gallifrey. E, na batalha final, enquanto os corpos eram contados, Rassilon descobriu – para seu horror – que um vampiro, justamente o mais poderoso de todos, escapou. Essa é a história do que aconteceu com ele.

5. The Curse of Fenric

Mais um episódio resumido no YT pela BBC. É o penúltimo arco da temporada 26 e mostra os eventos que levaram ao encontro de Ace com o Doutor. É ligado a Silver Nemesis e também ao livro At Childhood’s End.

“A Tardis se materializa em uma base naval secreta na costa de Northumberland durante a Segunda Guerra Mundial. O Dr. Judson, um cientista da base, criou a Ultima Machine, um computador primitivo usado para decifrar códigos alemães. Mas Judson também tem um uso mais sinistro para a máquina: ele planeja traduzir runas antigas encontradas em uma cripta próxima à Igreja de São Judas e que irá libertar Fenric, uma entidade maligna do início dos tempos e que o Doutor aprisionou dezessete séculos antes.

Enquanto os Haemovores de Fenric atacam, o Doutor precisa mais uma vez enfrentar a entidade em uma batalha que irá revelar verdades devastadoras para Ace…”

As regras de criação eram diferentes durante os Tempos Sombrios. Raças imortais vagavam pelos céus, moldando os mundos que encontravam – os Daemos, os Exxilons e os Osirianos se deleitavam sendo idolatrados como deuses; mas Fenric, um dos deuses antigos, tinha outros planos.

Fenric via a eternidade como um jogo, com cada movimento decidindo a ascensão ou a queda de uma civilização. Apenas uma criatura se atreveu a enfrentar Fenric; essa criatura se chamava o Doutor, e ele apostou a eternidade para vencer.

6. The Runaway Bride

A primeira vez com Donna Noble é inequecível. O especial de Natal de 2006 introduziu na série moderna o conceito de one-off – os companions de episódio único (lembrem-se: em 2006, a Catherine Tate fez só uma participação especial, sem nem imaginar que reprisaria o papel dois anos depois em uma temporada inteira).

“Papais Noel assassinos, ornamentos explosivos, e uma nave espacial alienígena em formato de estrela gigante – o Natal com o Décimo Doutor é tudo menos uma noite feliz…”

Os Racnoss eram uma das mais terríveis raças dos Tempos Sombrios – eles nasciam com fome e eles comeram o seu caminho pelo universo. Eles eram uma idiossincrasia do início dos tempos, quando a evolução estava dando seus primeiros passos – uma raça que existia unicamente para devorar.

Os Tempos Sombrios não foram bons para os Racnoss, e os Jovens Impérios se insurgiram e os dizimaram. Mas a Imperatriz Racnoss se escondeu nas sombras, e esperou por muito tempo pelo renascimento de sua espécie e uma nova era de crueldade.

7. The Waters of Mars

E, claro, a peça mais importante da bagunça toda: The Waters Of Mars. O especial de Halloween de 2009, é um episódio tão bom que ganhou o Hugo Awards (o maior prêmio referente a ficção científica e fantasia) para os roteiristas Russel T. Davies e Phil Ford. Esse episódio foi dirigido por Graeme Harper, que é uma das faces de Morbius.

“Marte, 2059. Bowie Base One. Última mensagem gravada: ‘Não beba a água. Nem pense em tocá-la. Nem uma gota”.

As Leis do Tempo estão escritas; elas são imutáveis e nenhum Senhor do Tempo as quebra (aham…). Mas o que acontece quando o último Senhor do Tempo percebe que não há ninguém para impedi-lo?

Em Marte, o Décimo Doutor decide mudar um ponto fixo no tempo, quando os astronautas da Bowie Base One encontram uma força antiga. A história conta que eles todos morreram, mas o Senhor do Tempo Vitorioso decide que a história está errada. Ele desafia a morte e suas ações terão terríveis consequências.

Em uma rua de Londres uma fratura no tempo foi criada, e o Doutor está prestes a aprender uma lição sobre a morte.

_______

Eu gostei que a BBC deu uma situada em todas essas histórias dentro da história de TLV. É uma ótima adição ao cânon da série.

Essa semana tem mais posts de TLV saindo. Se você está lendo isso dia 11/11, hoje saiu a segunda parte da trilogia do Oitavo, e amanhã tem DALEKS! e a última parte de Monstrous Beauty. Fique de olho nas reviews e espalhem a palavra de TLV!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s