Time Lord Victorious | Um gostinho do que vem pela frente em All Flesh Is Grass.

Semana que vem a BBC lança o último livro – e, teoricamente, onde todos os caminhos se cruzam – de Time Lord Victorious e pra dar aquela animada ela liberou um pedaço do livro; mais especificamente, a parte em que a nova sonic screwdriver surge. Escrito por Una McCormack, All Flesh Is Grass vai ter 208 páginas, e será dividido em duas partes.

Agora que você já sabe do que estamos falando, vamos passar raiva com o Décimo sendo um cretino?

“O Décimo Doutor gemia encostado no que antes fora uma parede de sua nave. Alguns minutos antes ele tinha uma nave de batalha que não queria e o moral elevado. Agora ele tinha uma nave quebrada e Brian.

– Onde está a tripulação? – perguntou ele. – Eles estão bem? Não desertaram?

Oh, não. – Brian parecia levemente surpreso. – Eles estão apagando incêndios.

Bem – o Doutor encostou em console tentando parecer casual, e não como se aquele fosse um suporte vital, enquanto aliviava a pressão em suas costelas quebradas. – Bom.

Sim – Brian fez uma pausa. – O Sr. Bolinha assinala que eles descobriram que, com o resto da frota destruída ou abandonada, a divisão de cotas tornará cada um deles fabulosamente ricos.

Oh – disse o Doutor. – Esse tipo de lealdade. – Algo estava cutucando suas costelas. O Doutor remexeu em suas vestes e puxou. Eram as ruínas de sua chave de fenda sônica. Até ela o havia deixado.

Claro, é um ponto discutível, já que, sem um motor, logo você terá que se render.

Renda-se, prudente rendição. – O Doutor considerou algo, então tirou o colarinho pesado de seus ombros e o jogou no chão. – Pelo menos eu posso respirar novamente. Usar essa coisa é como carregar a história nos ombros.

Brian olhou para o colarinho.

– Então… – o Décimo Doutor ficou na ponta dos pés e esticou o queixo. – Esse é o fim do Senhor do Tempo Vitorioso. Ele enfrentou a morte e perdeu.

Todo mundo perde. – Brian sorriu. – É por isso que os assassinos se veem do lado vencedor. Aliás, o Sr. Bolinha arrisca dizer que você tem uma arma restante.

O Doutor balançou a cabeça. – O Gerador da Morte dos Kotturuh. – Ele desabou por mais um momento, então saltou para frente, um novo homem, jogando fora o resto de sua capa. – Eu posso muito bem tirar algum proveito disso, hein…

– Corrigir.

O Doutor se jogou no chão e começou a rasgar tiras de seu colarinho bordado de Senhor do Tempo, puxando o fio de filigrana que traçava para fora dele e cravando-o no que havia sobrado de sua chave de fenda sônica. – Primeiro, vou consertar isso… – disse ele, religando os circuitos. Em seguida, enrolou algumas tiras metálicas em volta do corpo da chave de fenda e segurou-a no alto, olhando para os padrões de bronze sobrepostos das engrenagens. – Um trabalho um tanto malfeito, mas tem um certo charme hipster.

O Sr Bolinha está curioso… qual o seu plano, Doutor? – perguntou Brian.

Sem motores, mas com um gerador. – o Décimo Doutor sorriu pela primeira vez em horas. – Nós vamos viver para lutar mais um dia.

Mais sobre a nova sonic e o desfecho do embate entre Oitavo, Nono e Décimo você lê a partir do dia 10 de dezembro em All Flesh Is Grass. E claro, lá pelo dia 15 já devemos ter a resenha por aqui, então não perca a nossa cobertura desse eventão que é TLV!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s